Alteraçãõ de endereço

............................................rosadosventosan.blogspot.pt

domingo, 11 de Março de 2012

- " O CARNAVAL E A INDIGNAÇÂO DE UMA BRASILEIRA"

O vídeo que se segue transmite a indignação de uma comentadora brasileira na TV de Paraíba. O texto, complementa a informação que ela deu sobre a origem do Carnaval.

video
O Carnaval é uma festa que teve origem na Grécia em meados dos anos 600 a 520 a.C. Através dessa festa os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Passou a ser uma comemoração adotada pela Igreja Católica em 590 d.C.
O período do carnaval era marcado pelo "adeus à carne" (em latim "carne vale") dando origem ao termo "carnaval". Durante o período do carnaval havia uma grande concentração de festejos populares e cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes.
O costume de se brincar no período do Carnaval foi introduzido no Brasil pelos portugueses, no século XVI, com o nome de Entrudo, seguindo o hábito de há séculos em Portugal.
O carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias,  apareceu no século XIX, sendo a cidade de Paris o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo.
AN

3 comentários:

Anónimo disse...

Indignada com o carnaval?
Não precisa ela e ninguém entrar no engodo da indústria do carnaval.
Que acompanhe a cultura carnavelesca nordestina ou que vá a um bloco no Rio e ela não conseguirá ficar imune à criatividade que se aplica nesses festejos.
Prá mim, ela quer é o quê?
Estar na mídia.
Não ter carnaval não nos consome as mazelas - ela deveria saber disso.

Barbara.

Anónimo disse...

Indignada com o carnaval?
Não precisa ela e ninguém entrar no engodo da indústria do carnaval.
Que acompanhe a cultura carnavelesca nordestina ou que vá a um bloco no Rio e ela não conseguirá ficar imune à criatividade que se aplica nesses festejos.
Prá mim, ela quer é o quê?
Estar na mídia.
Não ter carnaval não nos consome as mazelas - ela deveria saber disso.

Barbara.

Arnaldo Norton disse...

Talvez ela exagere um pouco; mas há muitas coisas em que ela tem razão !